sexta-feira, 28 de outubro de 2011

A idéia....

Noite fria de sábado, depois de um ensaio da incrível banda de rock que não saiu da garagem fomos pra uma quermesse pegar algumas garotas, eu tinha acabado de me separar o outro tinha rompido o namoro dele e o outro estava namorando por isso não queria saber de putaria, mas ninguém pegou nada, depois dali fomos ao hangover, Aerosmith cover (risos), nos encontramos com o Bill no terminal, como de costume perdemos o último ônibus, então pegamos um até o centro e de lá fomos andando até o bar.

Uma vista do Hangover, da galera curtindo.

Chegando lá encontramos um monte de gente na fila, a principio estranhamos, pois já era tarde, mas a casa estava lotada e ninguém entrou mais, então fomos andando até o delta blues, estava tocando umas minas que levavam um blues muito bom, deu pra escutar lá de fora já que não podíamos entrar pois o Bruno era de menor, então voltamos ao hangover, demos uma paradinha pra mijar na frente de uma igreja (Deus ficou puto!), ficamos na frente do hangover esperando a galera sair pra cumprimentarmos os amigos que conseguiram entrar, de quebra ficamos escutando Aerosmith lá de fora, em meia a madrugada fria, já estávamos cansado e com fome e isso afetava o nosso cérebro, como sempre, e numa dessas panes de madrugada o meu futuro sócio teve uma idéia estúpida e irresponsável que mudaria nossas vidas, eu diria para sempre.

O Fábio tocando nos longínquos anos de 2006.

A idéia surgiu pois estávamos putos por não ter entrado em nenhum bar de Campinas, entre merdas pra ca e merdas pra lá, ele disse: -caras agente podia abrir nosso próprio bar! Alguém disse:- cala a boca! mas ele prosseguiu na idéia, era uma idéia underground do tipo, agente pega um cd player com mp3, o antigo equipamento de som da banda dele, e pronto! Teríamos um bar! Coloquei todos os obstáculos existentes e reais; aluguel, dinheiro inicial e mais um monte de coisas, e ele se esqueceu da idéia, ha ha ha sou mal!!!

Um comentário: